Archive for the ‘Tralha’ Category

Top 5 Musicais

16 Fevereiro, 2008

Uma vida de cinema sem musicais não é boa para ninguém (e acho que até pode mesmo provocar certas doenças de pele), por isso aqui ficam cinco excelentes musicais.Façam de conta que escrevi este post todo a cantar, acompanhada no coro pelos vizinhos à janela, enquanto as pessoas na rua faziam uma grande coreografia vestidos à anos 50.

#5 – Little Shop of Horrors (1986)
Remake musical do filme The Little Shop of Horrors, de 1960. Lojinha dos Horrores é muito engraçado. O humor é exagerado e até um pouco pateta às vezes, muito típico dos anos 80. Não é uma história tão sombria como a do filme de ’60, mas compensa com as músicas.
Como é possível não gostar de um musical sobre uma planta vinda do espaço que come pessoas?Momentos de Destaque: Mean Green Mother From Outer Space (atenção, spoilers!) e Dentist (atenção, dentista sádico!). A música introdutória também é bem gira.

#4 – Evita (1996)
A história da “santa Evita”, protagonizada por Madonna (quer queiram admitir quer não, a senhora canta bem) e narrada por Antonio Banderas (que, para meu espanto, também canta bem).

Adoro este filme, e nem sequer tenho vergonha de admitir que o sei todo de trás para a frente, de cor e salteado, que tenho o DVD e a banda sonora, e que a costumava ouvir no caminho para a escola.Momentos de Destaque: Peron’s Latest Flame e Don’t Cry For Me Argentina#3 – Willy Wonka and the Chocolate Factory (1971)

Esquisito, um pouco tenebroso, e simplesmente adorável, este é um dos meus filmes preferidos. Há doces por todo o lado, um homem sinistro chamado Wonka, e Oompa Loompa que cantam músicas aos miúdos mal-comportados. O que é que podia ser melhor que isto?Momentos de Destaque: Oompa Loompa!

#2 – Jesus Cristo Superstar (1973)
Este filme está no dicionário à frente da palavra “estupendo”. É o melhor musical de Andrew Lloyd-Webber, e um dos melhores filmes alguma vez feitos sobre Jesus. Há os inevitáveis erros históricos, mas Judas é finalmente tratado como uma pessoa, por entre músicas que ficam logo no ouvido. Ted Neeley é inesquecível.
Momentos de Destaque: What’s the Buzz e Gethsemane.

#1 – Música no Coração (1965)
Este é O Musical. Acho que já o vi umas mil quatrocentas e vinte e sete vezes, e espero vê-lo ainda outras tantas. Música no Coração é o filme de família perfeito.Raindrops on roses and whiskers on kittens, and cream coloured ponies and crisp apple strudels and Sound of Music – these are a few of my favourite things!
Momentos de Destaque: The Lonely Goatherd e So Long, Farewell

E ainda três momentos musicais dignos de menções honrosas:

Top 5 Miúdos Sinistros

16 Fevereiro, 2008

Este post é dedicado a 5 dos meus Miúdos Sinistros preferidos. Considerem esta uma apresentação informal a estas cinco adoráveis crianças, e estejam à vontade para os conhecer melhor com a ajuda do vosso leitor de DVDs.

#5 – Flora e Miles (The Innocents)

Duas criancinhas tão puras, tão inocentes, e tão… possuídas? Miles (Martin Stephens) e Flora (Pamela Franklin) são dois irmãos angelicais, que põem a governanta louca. Flora sempre a cantar “O Willow Waly”, e Miles

#4 – Damien (The Omen)

Damien é o Anticristo. É preciso dizer mais? Não consigo é decidir qual dos dois prefiro: o Anticristo de 1976 (Harvey Stephens) ou o Anticristo de 2006 (Seamus Davey-Fitzpatrick)? Hmm… Venha o Diabo e escolha.
Meu Deus, que piada terrível.

#3 – Regan (The Exorcist)

Ah, Regan (Linda Blair). Aquela rapariguinha adorável que grita todos os palavrões e mais alguns enquanto roda a cabeça 360º e vomita na cara de padres exorcistas. Se isto não chega para quererem ser amigos dela, é porque não têm coração.

#2 – Rhoda (The Bad Seed)

Toda a gente conhece a-miúda-que-estava-possuída e o miúdo-que-é-o-anticristo, mas quantos conhecem Rhoda (Patty McCormack)? São poucos, e está mal. Rhoda é a criança perfeita. Sempre arranjada e bem-comportada, até toca piano e fala francês. Mas se querem um conselho de amiga, não se metam no caminho dela. Quando dizem que Rhoda é uma má semente não estão a brincar. Esta miúda é assustadora!
Au clair de la lune, mon ami Pierrot…

#1 – David (Village of the Damned)
Só há um Miúdo Sinistro que podia ficar à frente de Rhoda nesta lista: David (Martin Stephens). David é um perfeccionista. David anda sempre com os seus amigos iguais a ele. David não é humano. David consegue ler pensamentos. David consegue obrigar-te a fazer o que não queres fazer. David tem olhos mais marcantes que os de Bette Davis…

Acham que é coincidência Martin Stephens aparecer duas vezes nesta lista? Se ele ainda não ganhou o prémio de Criança Mais Sinistra A Entrar Num Filme Desde 1910, então já estava na altura de lho darem.