Save The Green Planet! (2003)

Não mintas! Eu sei muito bem quem tu és. És um alien!

Um filme de Joon-Hwan Jang, escrito pelo próprio, com Ha-kyun Shin, Yun-shik Baek e Jeong-min Hwang. Título Original: Jigureul Jikyeora! Trailer.

421px-save_the_green_planet_poster.jpgJoon-Hwan acordou certa manhã com vontade de algo diferente. Então pôs na misturadora a trilogia de vingança de Chan-wook, O Príncipe do Egipto, alguns episódios da Twilight Zone, uma mão decepada, e dois ou três filmes de ficção científica de segunda categoria. Depois ainda juntou A Evolução das Espécies, e uma comédia absurda só porque sim – estava a sentir-se aventureiro. A papa resultante foi trabalhada à boa maneira coreana e deixada a secar de um dia para o outro. E o que nos chega hoje na conveniente forma de DVD – mas não em Portugal; cá não há nada para ninguém – é Save the Green Planet!, um filme estranhamente cativante.

Byeong-gu é o nosso herói, que vive atormentado pela responsabilidade de ser o único humano à face da Terra que conhece o terrível plano dos aliens para destruir o planeta e todos os seus habitantes. Ajudado pela sua dedicada namorada, Su-ni, Byeong-gu aponta todas as suas descobertas e cálculos, incluindo detalhes sobre todos os aliens que desmascara – isto porque os andromedianos podem assumir forma humana e viver disfarçados entre nós. Byeong-gu sabe que só existe uma maneira de lidar com estes intrusos: raptá-los e prendê-los na sua cave até que admitam a sua verdadeira natureza ou sucumbam. Tudo vai bem até ao dia em que captura Kang, um alien de tremenda importância, tanto em Andromeda como na Terra. Kang vai revelar-se uma grande carga de trabalhos…

Save the Green Planet! é de tal modo desregrado que espectadores menos precavidos correm o risco de ficar perdidos em frente ao ecrã. É que este filme tanto podia ser uma simples paródia como um drama poderoso como um sci-fi de argumento duvidoso. E no fundo é tudo isto mas melhor: mais inteligente… e bastante mais parvo também. É legítimo perguntar se Joon-Hwan alguma vez levou a sério o seu projecto, e se sim porque é que incluiu uma cena com um polícia a balear abelhas.

No entanto fazer essa pergunta é desviarmo-nos do ponto em questão, porque mesmo nas situações mais parvas e de desenho animado, Joon-Hwan consegue ser tão inovador, por vezes até poético, com o seu mise-en-scène e truques de câmara que tudo se torna aceitável. Save the Green Planet! é um filme arriscado (os asiáticos tendem a safar-se muito bem com coisas destas), é selvagem e incongruente, absurdo e caricato. Mas funciona. Surpreendentemente, funciona.

1 thumb up

Anúncios

Uma resposta to “Save The Green Planet! (2003)”

  1. Nothingman Says:

    “os asiáticos tendem a safar-se muito bem com coisas destas”

    Sem dúvida. Caso este fosse um filme realizado por um ocidental, seria uma autentica porcaria. Este, sem ser uma obra prima, é bastante interessante.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: